Cuidados com seu animalzinho no verão

Cuidados com seu animalzinho no verão

Os animais também sofrem com o calor elevado igual os humanos e precisamos tomar mais cuidado com eles no dia a dia e na hora do passeio. Diferente de nós que perdemos calor pelo suor, os animais não fazem isso. A troca de calor deles é pela respiração, dessa forma em temperaturas muito elevadas eles tem mais dificuldade para resfriar o corpo. É importante perceber os sinais que o animal nos dá quando está sofrendo já que ele sente fome, sede, calor e dor, mas não tem como dizer isso ao dono.

temperatura

Algumas recomendações importantes:
•    Não passear com os cães em horários de temperatura elevada, procure passear no início da manhã e no final da tarde. Prefira locais com sombra.
•    Lembre-se que o asfalto é quente e pode queimar as patas , faça um teste, coloque as costas da mão no asfalto, se você não aguentar por 5 segundos está muito quente para seu cãozinho.
•    Sempre deixe água fresca à vontade e troque-a com frequência.
•    Tose seu animalzinho com maior frequência para aliviar o calor
•    Nunca deixe-o preso no sol ou em locais fechados como no carro. Esse aumento de temperatura no corpo do animal pode leva-lo à morte. Os sinais da hipertermia são animais mais ofegantes, língua com cianose (mais azulada/arroxeada) , vômito, diarreia, incoordenação, desorientação podendo levar até a convulsões. Se isso ocorrer traga seu animal imediatamente.
•    Cuidado com animais de pele mais clara como pitbull e gatos com focinho e orelhas claras. A exposição prolongada ao sol pode desenvolver um câncer de pele grave. Sempre preferir deixar esses animais na sombra e passar protetor solar próprio para animais nas áreas mais afetadas.

 
cao_oculos2

 

•    No verão também aumenta a presença de pulgas, carrapatos e vermes. É muito importante prevenir e tratar os animais com medicamentos adequados,  já que podem passar doenças graves .
•    Os cães braquicefálicos, ou seja, com focinho mais curto como o boxer, pug, buldogue, lhasa, entre outros são mais sensíveis à temperaturas altas e sofrem mais pela dificuldade de respirar e trocar calor. O cuidado com eles deve ser redobrado, evitar ao máximo passeios longos em períodos muito quentes.

 

cao-refrescando

 

•    Se for levar seu cão e gato para a praia, cuidado com a dirofilariose. É uma doença transmitida por picada de mosquito contaminado com a dirofilaria. Essa larva se instala no coração e pode causar insuficiência cardíaca e morte. Antes de viajar passe em consulta com nossas veterinárias para prevenir essa doença do seu animalzinho.

Nosso centro de saúde animal está equipado para auxiliar no bem estar dos nossos amiguinhos nesses dias mais quentes, desde o banho e tosa até casos mais graves e emergências. Venha nos conhecer.
Dra Andrea Sanchez

Leave a Reply